Livro_Pensando_a_vida

Livro_Pensando_a_vida

segunda-feira, 20 de abril de 2009

A letra que eu mais gosto


À minha doce esposa...

Você sabe qual ____________________________é a letra que eu
mais gosto_____________________ no alfabeto?
É a letra V,__________________ V é de violão,
de
Violeta, ____________ Viagem,
Variedade,_______Verdade,
V é de _____vida...
V de __viver
ao _seu
lado...
V de Vivian minha linda esposa , minha paixão!
Te Amo!
JM

A nossa Vocação/Missão enquanto Igreja

Ontem eu andei refletindo com alguns irmãos no que é de verdade a vocação da Igreja. Há muito assunto a respeito disso, por isso só quero colocar aqui a minha breve reflexão. Pois bem, a Bíblia diz que Jesus antes de ser assunto aos céus, logo depois da sua ressurreição se encontra com os seus amedrontados discípulos e neste encontro fala coisas importantes a eles, dentre as quais me chama a atenção o que Ele disse antes de soprar sobre Eles o Espírito Santo: "Novamente Jesus disse: "Paz seja com vocês! Assim como o Pai me enviou, eu os envio".

O texto me esclarece muito o que é a Vocação/Missão da Igreja, quando ele diz: "...assim como...", isso indica que há uma semelhança entre a Vocação/Missão que o Pai deu a Jesus e a delegada por Jesus a nós. Mas qual foi a principal vocação de Jesus?


Jesus foi enviado, o texto sagrado diz que "o Verbo se fez carne e habitou entre nós". Foi enviado e veio; veio e habitou; habitou e gostou; gostou porque obedeceu, obedeceu livremente por amor. Voltando ao assunto da minha breve e raza reflexão, a Vocação/Missão matricial da Igreja é ir. A de Jesus foi vir ao mundo e assim como o Pai o enviou, Ele enviou os discípulos, que naquele momento eram a Igreja, portanto a Vocação/Missão da Igreja é semelhante a de Jesus, ir.


Mas seria muito superficial demais parar por aqui a reflexão. Em primeiro lugar a Vocação/Missão da Igreja é ir, pois Jesus disse Ide, não dá para esquecer isso, temos que encarar com seriedade o fato de sermos Igreja, não podemos buscar meios de ficar quando temos de Deus uma Vocação/Missão de ir. É como lutar contra a própria natureza, pois a da Igreja é ir.

Tal vocação tem implicações, como por exemplo, identificação, altruísmo e serviço. Se não observe: Jesus se identificou, no maior nível possível de identificação, Ele se tornou um de nós, o Verbo se fez carne; outra implicação é o altruísmo, o desejo de privilegiar o outro em detrimento às minhas próprias necessidades. O texto sagrado no diz que devemos preferir em honra uns aos outros. O nosso Mestre abriu mão de muitas coisas, em favor daqueles que amava, então se aceitamos a Vocação/Missão de Igreja, não há lugar para egoísmo. Em último lugar, aquele que aceita ir, precisa estar completamente disponível a servir, lavar os pés daqueles que necessitam de cuidados, Jesus foi se escrúpulos para servir, não teve em valor elevado o ser igual a Deus, mas se serviu de uma toalha e uma bacia, e serviu.

Portanto, todos nós que somos crentes em Jesus, somos Igreja e assim temos a Vocação/Missão de ser como Jesus, que claramente sabia 'a que tinha vindo', ou seja, sua identidade e missão era patente, que possamos todos buscar e encontrar nossa identidade e missão, assim viver de acordo com a nossa Vocação/Missão de ir, sempre ir.

JM




sexta-feira, 17 de abril de 2009

“Toda grandeza de um homem reside em Deus”

Deus colocou nas mãos da Igreja (você e eu) uma tarefa muito parecida com a que foi entregue a Moisés. A de livrar um povo que pertence a Ele, que está aprisionado por muitos anos em um sistema de escravidão opressor muito semelhante ao do antigo Egito. Para isso também escolheu pessoas tão frágeis e limitadas quanto Moisés, você e eu, sendo assim, também encontramos em nós limitações muito parecidas com as de Moisés, sentimentos de inferioridade, insegurança... Enfim, quando nos deparamos com o chamado de Deus formulamos em nosso coração a mesma pergunta que Moisés: "Quem sou eu...?"

Motivados pelos mesmos sentimentos, olhamos para nós mesmos como o homem olha e nos deparamos com uma realidade tão assombrosa quanto real, não somos capazes. Estamos corretos na conclusão que tiramos de nós mesmos, é verdade não podemos mesmo. Mas apesar de estarmos totalmente corretos em nossas conclusões, devemos nos lembrar que Deus não vê como o homem vê, ou melhor , como nos vemos.

Moisés não estava criando desculpas para convencer ao Senhor de que ele não era capaz, não, muito pelo contrário, ele expressava sua sinceridade, porém ele estava se avaliando segundo a carne, estava colocando para Deus o seu ponto de vista sobre ele mesmo. Assim como Moisés, eu e você também apresentamos ao Senhor todas as nossas fraquezas da carne, mas será que o TODO PODEROSO não nos conhece bem o suficiente a ponto de não saber cada um de nossos limites e imperfeições? Ele nos chamou apesar de cada um deles, isto é a misericórdia, Deus em nós apesar de nós.


A nossa tendência é pensar que O Senhor tem preferências, que usa mais a um do que o outro. Mas na verdade não é assim, Ele não possui no Reino pessoas que por um motivo ou outro são preferenciais em Seu coração, Ele não tem filhos prediletos, no Reino não há lugar para "celebridades", o Seu amor é incondicional, eu não mereço, porém Ele me ama, e de acordo com este amor me chama para O servir do jeitinho que eu sou, aleluia!

Devemos a cada dia, tomar posse e nos render ao chamado Do Senhor para nós, viver esta realidade todos os dias, Ele me ama do jeito que eu sou,e mesmo me conhecendo tão bem como conhece quer me usar para cumprir o propósito d'Ele nesta terra,a libertação de todos que ainda se encontram cativos no "Egito",o preço já foi pago,o primogênito já foi morto basta anunciar aos cativos esta boa nova.O nosso papel agora é só mostrar o caminho da terra prometida para os que do cativeiro estão saindo do cativeiro,Jesus é o caminho! (Jo 14:6)


Um exemplo para todos é o de Willian Carey, um homem sem nenhuma qualidade a se admirar, um simples sapateiro pobre, mas recebeu o título de "pai das missões modernas". Alguém disse sobre ele: "Se não fosse a sua dedicação a Deus sem dúvida teria uma existência medíocre". Deus quer fazer com você e comigo, sapateiros pobres, pessoas importantes para dar toda glória ao Nome d'Ele. Então quem sou eu? Como eu tenho me visto? Qual é a imagem que eu tenho criado ao meu respeito?


Não precisamos criar nenhum tipo de imagem ao nosso respeito, basta que nos apropriemos da realidade do que o Senhor é em nós. Tire um momento e pergunte ao Senhor o que Ele pensa ao seu respeito,não se auto-avalie,deixe essa parte para o Senhor Jesus, só ele pode te dar a realidade de quem você é n'Ele e de quem é Ele em você. Permita que o Espírito Santo te conduza neste caminho de encontro à verdade de Deus sobre você. O Senhor nunca dispensa os humildes, os que para o mundo não são, muito pelo contrario, concede graça a estes.


Concluimos então: "Toda grandeza de um homem reside em Deus".


Textos de base para este conteúdo: (Ex 3:1-12; 1Sm 16:7; 2Co 4:7;1Co1:18-30; Tg 4:6/1Pe5:5,6; Jz6:14-16; Jr1:4-10; Am1:1,2,7:14;Sl 78 70-72; Mt10:17-20)



terça-feira, 14 de abril de 2009

Faça valer

Quero que me digam que eu tentei ser direito e caminhar ao lado do próximo.
Quero que vocês possam mencionar o dia em que tentei vestir o mendigo, tentei visitar os que estavam na prisão, tentei amar e servir a humanidade.
Sim, se quiserem dizer algo, digam que eu fui um arauto: um arauto da justiça, um arauto da paz, um arauto do direito.
Todas as outras coisas triviais não têm importância.
Não quero deixar nenhuma fortuna. Eu só quero deixar uma vida de dedicação!
E isto é tudo o que eu tenho a dizer:
Se eu puder ajudar alguém a seguir adiante,
Se eu puder animar alguém com uma canção,
Se eu puder mostrar a alguém o caminho certo,
Se eu puder cumprir o meu dever cristão,
Se eu puder levar a salvação para alguém,
Se eu puder divulgar a mensagem que o Senhor deixou...
...então a minha vida terá valido a pena!



Martin Luther King Jr

sábado, 11 de abril de 2009

A dádiva da vida

A dádiva de viver, de poder desfrutar de um dia de cada vez, vivendo com intensidade o melhor que este dia tem para mim. Viver dentro do espaço de tempo que o Criador deixou para me relacionar com Ele e com meu semelhante, experimentar tudo o que tem de bom.

O hoje é o dia especial, é neste dia que vou experimentar tudo o que está reservado para mim, pois o ontem já não existe mais e o amanhã não me pertence, portanto, o meu melhor dia é o hoje. É dentro deste espaço de tempo que muitas coisas acontecerão, algumas boas, muito boas e outras não tão boas assim (estas só de lembrar causam medo).


Algumas eu nunca vou querer me esquecer, outras, porém me esforçarei para não me lembrar, mas uma coisa é certa, é que ambas igualmente terão muito a me ensinar. Alguém já disse que se pode aprender muitos com os erros, mas ai daquele que vive errando...


Então porque trazer as dores do ontem para o hoje? Ou antecipar possíveis sofrimentos do amanhã? Viver bem é viver o hoje, viver um dia de cada vez. Hoje é o melhor dia da minha vida, pois é o único que eu tenho para viver da melhor maneira possível.
JM

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Tu me conheces...



Tu me conheces...




Tento me

esconder de todos, e às


vezes até consigo dos homens me esconder,


de mim mesmo me ocultar, contudo,


quando penso que estou escondido


Tu me surpreendes com a


Tua presença.




Os Teus olhos de


amor me constrangem,


E diante da Tua humildade toda minha


soberba é revelada a mim. Meus maiores medos


não mais podem se ocultar , meus pecados mais


secretos saltam aos meus olhos,


a Tua santidade me


consome.




A minha


incapacidade é tão real como


nunca foi,eu sei,não posso


me esconder


de Ti.




Na minha fraqueza


reconheço que preciso da tua vida


em mim, te peço,dá-me de beber!Preciso


viver, tenho sede


da Tua vida!




Dá-me de beber,


sacia a minha sede de viver!


Senhor, Tu que revelas o


meu coração que com um olhar narra toda


história da minha vida,não posso


definitivamente


me esconder


de Ti.




Sei que


os Teus olhos penetram o


meu ser e me fazem reconhecer


a Tua santidade e o


meu estado


pecado.




Tu me


conheces melhor do que eu mesmo;


te peço dá-me de beber das


Tuas águas!




João 4


JM

segunda-feira, 6 de abril de 2009

O papel e a tinta



Certo dia, uma folha de papel que estava em cima de uma mesa, junto com outras folhas exatamente iguais a ela viu-se coberta de sinais.Uma pena,molhada de tinta preta,havia escrito uma porção de palavras em toda folha.


-Será que você não podia ter me poupado desta humilhação? Disse a folha de papel furiosa para a tinta.


-Espere! Respondeu a tinta.


-Eu não estraguei você. Eu cobri você de palavras. Agora você não é mais apenas uma folha de papel, mas sim uma mensagem.


Você é guardiã do pensamento humano. Você se transformou num documento precioso.


Pouco tempo depois, alguém foi arrumar a mesa e apanhou as folhas de papel para jogá-las na lareira. Subitamente, reparou na folha escrita com tinta. Então, jogou fora todas as outras, e guardou apenas a que cotinha uma mensagem.

Como esta folha comum se tornou especial porque alguém imprimiu nela uma Mensagem, você também deixou de ser comum, pois foi gravada em você, no seu coração, uma Mensagem tão especial quanto poderosa, o Evangelho e é isto que faz toda diferença, a Mensagem. O que nos livra do fogo é a mensagem imprimida em nossos corações.


Nunca se esqueça que você não é mais só uma folha como as demais, você é uma portadora dos Pensamentos de Deus, é sem dúvida uma pessoa muito especial.


( Uma fábula de Leonardo da Vinci; 2Corintios 3:2,3; Jeremias 29:11-13).




JM

sábado, 4 de abril de 2009

Jardim



A vida é como um jardim, cheio de flores, cheiros cores e gostos. Mas também há ervas não muito 'bentas', tiririca, espinhos e muitas outras plantas que não são lá estas coisas...


Eu penso o seguinte: Amigos são como plantas do jardim, precisam ser cultivadas, é preciso zelo, carinho e muita atenção. Se você observar bem, as plantas não esboçam nenhuma reação imediata aos cuidados, mas depois de certo tempo a resposta vem, e traz muita alegria ao que cuidou. As 'ervas não muito bentas' são aquelas coisas que impedem as plantas de crescerem. Coisas como fofoca, mal-humor, inveja, má comunicação...


No jardim da vida tem um lugar também chamado sementeira. Sementeira é onde se coloca a semente esperando que dali nasça uma nova plantinha (amizade). Mas o que são estas tais sementes que geram amizades? Sorrisos, saudações, abraços, boas-vindas, acolhimento, generosidade...


São tantas as sementes (possibilidades) que não dá nem pra colocar todas aqui, o mais importante não é que você conheça todas as espécies de sementes (possibilidades), mas é que você use as que você já tem nas mãos...


O Criador, o maior e mais excelente jardineiro que já houve, nos ensina a lançar sementes, a cuidar de jardins, de cultivar cada flor (amigo) na sua individualidade. O nosso jardineiro/mestre está sempre por aí, dando uma volta pelo jardim, ajudando a cada um de nós, os seus pequenos jardineiros a cuidar do jardim (vida).


Existem nesse jardim flores muito especiais, por exemplo, no meu jardim tem uma flor (a mais bela) que fica na cerca do jardim. Esta flor tem um apelido, flor de maracujá, mas o seu nome verdadeiro é Vivian, minha linda esposa. Mas por que flor de maracujá? Primeiro porque é a mais linda, segundo, o seu fruto tem propriedades especiais, terceiro o seu cheiro é fantástico e o gosto do seu fruto nem se fala... E por que na cerca? A razão da cerca é simples, cerca é limite, proteção, segurança, intimidade e etc. Entendeu?


Não podemos abandonar o nosso jardim à sua própria sorte, plantas precisam de cuidados, não podemos permitir que as ervas 'não muito bentas' cresçam e abafem as flores do nosso jardim, e assim as sufoquem. Estas precisam ser arrancadas, diariamente, aí fica limpo sempre, sem as ervas.


Cuide do seu jardim! A beleza dele depende muito do nosso cuidado.


JM

quarta-feira, 1 de abril de 2009

A simplicidade do amor...



Eu não consigo entender
como conseguimos com tanta freqüência,
tornar complexo o que Deus fez tão simples, o Amor.
Melhor do que entender é viver;
melhor do que tentar explicar é desfrutar.

É estranho mesmo, pois ao mesmo tempo em que é simples,
torna-se complexo...
Quem pode entender este sentimento?

Muitos ao longo da história têm investido suas vidas tentando explicar,
por meio de canções, poesias, versos, mas não dá...
só se pode viver e desfrutar...
Morreram sem experimentar o amor que tanto tentaram explicar.

Não se pode explicar nem mesmo entender,
É necessário se entregar, desfrutar e viver...

Viver o amor, desfrutar deste tão simples sentimento,
Que ciência alguma pode explicar,
que dinheiro ou qualquer outro bem pode comprar...

Só se pode viver e experimentar,
jamais entender ou mesmo explicar
Por isso eu já me decidi, pois amar é uma decisão,
sempre que puder vou desfrutar...


JM