Livro_Pensando_a_vida

Livro_Pensando_a_vida

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Hoje pode ser o seu dia


João 5:2-6: “Há em Jerusalém, perto da porta das Ovelhas, um tanque que, em aramaico, é chamado Betesda, tendo cinco entradas em volta. Ali costumava ficar grande número de pessoas doentes e inválidas: cegos, mancos e paralíticos. Eles esperavam um movimento nas águas. De vez em quando descia um anjo do Senhor e agitava as águas. O primeiro que entrasse no tanque, depois de agitadas as águas, era curado de qualquer doença que tivesse. Um dos que estavam ali era paralítico fazia trinta e oito anos. Quando o viu deitado e soube que ele vivia naquele estado durante tanto tempo, Jesus lhe perguntou: “Você quer ser curado?”

O tanque de Betesda era um lugar onde muita gente evitaria parar para uma visitinha. Ali se acreditava (lenda) que um anjo descia e movia as águas e o primeiro que entrasse na água era curado. Por causa dessa fama o local ganho o nome Betesda, que significa casa de misericórdia. Muitos doentes passaram a viver ali na esperança do anjo aparecer e mover as águas. Mas havia muitos problemas ali, um deles era que só o primeiro que entrasse na água era curado, quando alguém gritava que o anjo moveu as águas o desespero era total para chegar La e mergulhar. Muitos eram deixados La por suas famílias, que com alguma esperança ou mesmo para se verem livres dos doentes os deixavam por La entregues a si mesmos.

Jesus um dia foi visitar o local, quando chegou La o governo romano já havia construído umas coberturas para melhorar a espera daqueles enfermos e fazer uma política com eles. Ele encontrou um homem entre os que estavam ali que desde o dia que chegou havia se passado 38 anos. Muito tempo vivendo de uma esperança que não podia mais se sustentar. Para ele o seu problema maior era a falta de alguém para leva- lo até a água quando agitada pelo anjo. Imagine isso, uma espera de 38 anos em um local sem esperança. 

Aquele homem quando viu Jesus se aproximar certamente imaginou que ele seria aquele que o colocaria na água agitada. Jesus foi muito mais do que isso. Ele não esperou o tal anjo, poderia ter ordenado a uma dúzia ou a um milhão deles, mas não o fez, isso nos mostra que Jesus não reforça lendas, apoia políticas ou separa lugares especiais. Ele ordenou aquele homem que se levantasse, que deixasse aquela situação de miséria que ha tantos anos vivia. Um milagre não apenas no corpo, mas especialmente na alma, pois a esperança que se adia adoece a alma.


Jesus e aquele que renova a esperança daquele que já não tem nenhuma. Aquele dia foi o daquele homem e hoje pode ser o seu.
Um abraço,JM

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Preconceito

João 4: 4: "E era-lhe necessário passar por Samaria."

Todo judeu no tempo de Jesus fazia um caminho bem diferente do que Jesus fez naquele dia. Culturalmente havia uma antiga barreira entre judeus e samaritanos. Era algo tão forte que is judeus sequer pronunciavam a palavra samaritano. Eles aumentavam muito o seu caminho para circular bem longe do território dos samaritanos. Mas para Jesus o texto diz que era necessário que passasse por lá. Havia um muro para ser derrubado, o do preconceito. 

Eu aprendo aqui que Deus não tem um povo especial na terra, Jesus veio ao mundo para o mundo e não para um grupo restrito de pessoas ou um grupo étnico. Como discípulos de Jesus precisamos imita-Lo, derrubar todo e qualquer preconceito. 

Para Deus não existem pessoas mais especiais do que outras, Ele ama a todos igualmente. Por que somos eletivos em nosso amor? Amamos mais a um do que a outro. Sempre selecionamos de acordo com o que acreditamos ser o melhor, precisamos entender que o critério não esta em nós,  mas em Deus.

Abaixo todo tipo de preconceito!

Vamos juntos irmãos lutar para que o amor de Deus seja para todos sem distinção.

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Nicodemos e o seu vazio

João 3:1-3: “Havia um fariseu chamado Nicodemos, uma autoridade entre os judeus. Ele veio a Jesus, à noite, e disse: “Mestre, sabemos que ensinas da parte de Deus, pois ninguém pode realizar os sinais miraculosos que estás fazendo, se Deus não estiver com ele”.Em resposta, Jesus declarou: “Digo-lhe a verdade: Ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo".
 Nicodemos é um mestre muito conhecido entre os judeus nos tempos de Jesus era um homem muito respeitado por todos naquele tempo. Para ser um mestre é necessário ser criado desde bem pequeno nos costumes da lei de Moisés, o mestre uma pessoa muito respeitada por toda a sociedade. Tinha sabedoria e conhecimento para julgar as causas do povo.
 Tinha geralmente mais de 50 anos de idade Nicodemos sabia muitas coisas mas a havia no seu coração um desejo de conhecer aquele que falava com uma autoridade jamais vista em nenhum conhecido naquela região.
 Nicodemos sabia muito, conhecia a lei como poucos, mas havia um vazio que tudo o que possuía não era capaz de preencher. Ele procurou Jesus, que era muito mais jovem do que ele, mas tinha as respostas para os seus questionamentos. João nos mostra no capitulo 3 ele mostra a superioridade de Jesus em comparação aos maiores de sua época. Jesus quer preencher também o vazio que existe dentro de cada um de nos. Eu buscava em muitas coisas, mas nada me preenchia, um dia eu encontrei Jesus e nunca mais precisei buscar nada.
 Nicodemos, não basta conhecer a lei, e preciso nascer de novo!

 Este também e um convite para você, conheça Jesus e Ele te levará a viver a uma vida completamente nova.
Umabraço,JM

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Vidas vazias

 João 2:6-7: "Ora, estavam ali postas seis talhas de pedra, para as purificações dos judeus, e em cada uma cabiam duas ou três me tretas. 7. Ordenou-lhe Jesus: Enchei de água essas talhas. E encheram- nas até em cima."
Essas peças, as talhas de pedra, ali naquele casamento em Caná da Galiléia mostra que as famílias dos cônjuges eram pessoas religiosas. As talhas eram usadas para as purificações cerimoniais. Antes de cada refeição ou mesmo de comer qualquer coisa. As talhas destacadas por João vêm para mostrar como andava a religião judaica no seu tempo, vazia, completamente vazia.
 Jesus manda que as talhas sejam cheias de água e logo esta se transforma em um vinho muito especial. Muitas vezes nos encontramos como essas talhas, completamente vazios, somos apenas religiosos, mas não temos uma vida com Deus.
 O vinho e um símbolo da vida e a água simboliza a Palavra, isto nos ensina que precisamos nos encher da Palavra para que experimentemos a verdadeira vida, a vida de Deus.

 Você pode estar vazio hoje, mas pode ser cheio da vida de Deus hoje ainda.
Um abraço, JM

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Oportunidade

 João 1:1: "No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus."
 A apresentação de Jesus e muito especial, Mateus o apresenta em sua genealogia a partir de Abraão, algo muito especial para o povo judeu. Lucas por sua vez na sua genealogia parte de Adão, vem de bem longe. Mas e interessante que João mostra que a origem de Jesus e mais profunda do que as genealogias, ele mostra que Jesus vem de Deus. A sua origem e Deus. Jesus e maior do que qualquer um das genealogias apresentadas, Ele e Deus.
 Você precisa conhecer Jesus como ele é.
 Deus decidiu nos salvar e para isso se tornou homem na pessoa de Jesus. O verbo se fez carne. O tempo que viveu aqui viveu como um de nos, mas em nenhum momento deixou de ser Deus. O amor de Deus foi tanto que Ele veio aqui para ficar perto de nos, tão perto que também ficou conhecido como Emanuel, Deus conosco.

 Deus ama você, e por isso enviou seu filho para lhe dar oportunidade de se tornar também um filho de Deus. Hoje e um excelente dia para conhecer aquele que fez questão de vir aqui no mundo para estar perto de você.
Um abraço,JM