Livro_Pensando_a_vida

Livro_Pensando_a_vida

domingo, 27 de julho de 2014

A difícil tarefa de recomeçar

A difícil tarefa de recomeçar
Texto: João 20.19-22: “Ao cair da tarde daquele primeiro dia da semana, estando os discípulos reunidos a portas trancadas, por medo dos judeus, Jesus entrou, pôs-se no meio deles e disse: “Paz seja com vocês!”
20 Tendo dito isso, mostrou-lhes as mãos e o lado. Os discípulos alegraram-se quando viram o Senhor.
21 Novamente Jesus disse: “Paz seja com vocês! Assim como o Pai me enviou, eu os envio”.
22 E com isso, soprou sobre eles e disse: “Recebam o Espírito Santo.”
Introdução:  
Hoje eu vou compartilhar com vocês algumas coisas que aconteceram exatamente depois da ressurreição de Jesus, quando Ele vai ao encontro dos seus discípulos e eles estão  trancados em um local, cheios de medo, insegurança e incertezas. Os discípulos estão diante do desafio de recomeçar
Recomeçar não é nada fácil, especialmente quando passamos por decepções e ao mesmo tempo achamos que decepcionamos. Muitas pessoas acompanharam de perto a vida dos discípulos, viram e ouviram o que eles viviam e falavam, testemunharam o preço que pagaram para estar ao lado de Jesus, porém três anos depois eles estão em um momento de frustração diante da morte daquele que havia mudado suas vidas. Imagine isso, eles deixaram tudo o que tinham para acompanhar o mestre revolucionário Jesus e agora estavam desnorteados.
Você já se sentiu assim? Sem rumo? Sem norte? Sem saber por onde recomeçar?
Recomeçar não é uma tarefa fácil, mas é possível. Como está escrito: “
Os discípulos de Jesus figuram a cada um de nós, dotados dos mesmos sentimentos, limites medos, erros e acertos. Por isso, as coisas que Jesus disse a eles são úteis para cada um de nós hoje.
Neste encontro de Jesus com eles, no dia de sua ressurreição, Jesus nos ensina algumas coisas, vamos ver:
1.       Você precisa experimentar a paz de Jesus: Ao cair da tarde daquele primeiro dia da semana, estando os discípulos reunidos a portas trancadas, por medo dos judeus, Jesus entrou, pôs-se no meio deles e disse: “Paz seja com vocês!”
Em meio aos muitos conflitos e sentimento confusos o que mais precisamos é de paz, e isto Jesus tem muito, pois Ele é o príncipe da paz, Jesus disse que nos daria a paz, mas a sua paz é diferente da que o mundo dá.  Veja:
João 14:27: “Deixo com vocês a paz. É a minha paz que eu lhes dou; não lhes dou a paz como o mundo a dá. Não fiquem aflitos, nem tenham medo.”

A paz para o mundo é a absoluta ausência de conflito. A paz que Jesus dá é diferente, pois mesmo passando por lutas e provações o nosso coração está tranquilo. Leia comigo:
Sl 112.7: “Não temerá más notícias; seu coração está firme, confiante no Senhor.”

A paz de Jesus excede todo entendimento, a ponto de no meio de uma tempestade Jesus estar dormindo profundamente. Confira comigo:
Mt 8.23,24: “Entrando ele no barco, seus discípulos o seguiram.  De repente, uma violenta tempestade abateu-se sobre o mar, de forma que as ondas inundavam o barco. Jesus, porém, dormia.”

Pedro, que estava às vésperas de morrer conseguia dormir.
Atos 12.6: “Na noite anterior ao dia em que Herodes iria submetê-lo a julgamento, Pedro estava dormindo entre dois soldados, preso com duas algemas, e sentinelas montavam guarda à entrada do cárcere.”

Precisamos aprender a descansar e confiar no Senhor, a apresentar tudo a Ele em oração, e a resposta e a paz:
Fl 4.6,7:  “Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus.  E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus.”

Tudo isto é a paz, que só Ele pode nos dá, os conflitos, as circunstâncias não vão mudar, mas certamente você vai. Jesus morreu e ressuscitou para nos dá paz a paz.

2.      Você precisa de um motivo para recomeçar: VS. 21Novamente Jesus disse: “Paz seja com vocês! Assim como o Pai me enviou, eu os envio”.

A Missão é o nosso principal motivo para recomeçar. Muitas vezes quando passamos por decepções, fracassos e perdas, é muito difícil recomeçar. Precisamos de um motivo, ou melhor, de uma motivação para isso. Jesus deu aos discípulos uma grande motivação, Ele deu-lhes uma missão. A nossa motivação também deve ser sempre a missão, o chamado. Não podemos desistir de viver, parar ou se entregar a uma situação difícil, temos um chamado, relembre comigo:

Mc 16. 15-18: “E disse-lhes: “Vão pelo mundo todo e preguem o evangelho a todas as pessoas. Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado. Estes sinais acompanharão os que crerem: em meu nome expulsarão demônios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e, se beberem algum veneno mortal, não lhes fará mal nenhum; imporão as mãos sobre os doentes, e estes ficarão curados”.

Quando olhamos ao nosso redor imaginamos um mundo sem solução para nós, só quem já passou por isso sabe como é duro um momento assim. Quando não há saídas; quando a tempestade nos impede de ver o horizonte; quando a tristeza faz com que fiquemos parados no mesmo lugar. Precisamos nos levantar e lutar, Jesus venceu a morte! Veja isso:
1Co6.14: “Por seu poder, Deus ressuscitou o Senhor e também nos ressuscitará.”

Os discípulos de Jesus estavam vivendo sentimentos assim, pois viveram três anos vendo e ouvindo tantas coisas, no entanto, há dois dias Aquele a que eles deixaram tudo e seguiram havia morrido. Que tristeza tomava conta daquele ambiente? A tristeza pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã,  Sl 30.5:Pois a sua ira só dura um instante, mas o seu favor dura a vida toda; o choro pode persistir uma noite, mas de manhã irrompe a alegria.”

A nossa motivação para recomeçar é o chamado do Senhor, Ele tem algo para fazer aqui na terra é através de nós que Ee escolheu fazer.

3.      Você precisa de capacitação para recomeçar: Vs.22 “E com isso, soprou sobre eles e disse: “Recebam o Espírito Santo.”

Jesus sopra sobre nó o Espírito Santo, que é a capacitação sobrenatural para a missão. O senhor nos dá uma missão, mas não nos deixa sem a capacitação necessária para cumpri-la. O senhor nos capacita com o Espírito Santo, com o poder sobrenatural. Não podemos fazer a obra de Deus sem que Ele mesmo nos capacite para isso.  Quando os discípulos obedeceram e saíram o poder de Deus os acompanhou, veja:
Mc 15.20: “Então, os discípulos saíram e pregaram por toda parte; e o Senhor cooperava com eles, confirmando-lhes a palavra com os sinais que a acompanhavam.”
Não podemos abrir mão de buscar o poder de Deus para a nossa vida., receba de Deus o Seu poder para uma vida sobrenatural.

Conclusão: Hoje é o dia em que celebramos a vida, Jesus ressuscitou e nos deu esperança de um viver diferente. Ele tem a paz que você precisa; coloca a motivação em você que te leva a recomeçar, a missão; e ainda lhe capacita para fazer a vontade dele.


quarta-feira, 16 de julho de 2014

Algumas coisas que aprendi com Rubem Alves

A literatura de Rubem Alves abriu a porta da gaiola em que eu vivia. Não pude conhecê-lo fisicamente, mas eu "o leio" em cada um dos seus textos, conhecendo assim um pouco de sua alma.

Eu aprendi com ele o gosto pela escrita, pela leitura e pela beleza. Descobri que cozinhar é muito mais do que fazer comida, e que cultivar flores é atrais vida e beleza para perto de si.

Aprendi que devo ensinar para libertar, para abrir as portas das gaiolas que as pessoas vivem se enclausurando ao longo da vida.

Aprendi que o pequeno príncipe é muito mais do que um menino viajante de um planetinha bem pequeno, e que  cuidar dos baobás é algo extremante importante; aprendi também que ao relacionamento dele com aquela rosa não é um tipo saudável.

Aprendi muitas coisas com Rubem Alves. Uma vez li que a resposta dele sobre se acreditava em Deus ou não foi que ele estava à beira de um abismo...a minha oração por Ele hoje é que mesmo aparentemente inconsciente ele se volte ao Criador de toda a beleza que ele admira e nos ensinou a admirar.

Aprendi que quando escrevemos estamos expondo uma boa parte do que somos na alma. Eu perdi o medo de expor a minha.

Aprendi que todos os dias eu devo colher o dia e que muitas coisas bonitas que vemos ou pensamos (aforismos) são como passarinhos que pousam em nosso ombro.

Aprendi com ele que quando o outro olha nos meus olhos ele se vê, me ama ou odeia de acordo com aquilo que reflito dele...
Enfim, aprendi, aprendo e vou continuar a aprender, pois tudo o que ele escreveu não está inconsciente e nem perecerá com ele.

Que o Senhor Jesus o abençoe!

JM

terça-feira, 15 de julho de 2014

JOÃO POR JOÃO- O Evangelho Falando ao Coração

JOÃO POR JOÃO / João Marcos de Oliveira Corrêa

“João por João traz uma percepção prática contextualizada para quem deseja uma vida piedosa na presença de Deus, seja ministro com dedicação específica à obra, seja o crente em geral. São palavras de consolação e encorajamento que ecoam na alma e nos exortam a uma consciência pura diante de Deus, certamente, sua leitura nos leva a uma reflexão sobre nossa vida com Deus.”
Franco Albano - Pastor e Delegado de policia

“Em João Por João o Evangelho falando ao coração, o autor segue um tríplice viés: devoção, espiritualidade e reflexão. Ao longo de seus 21 capítulos, a obra apresenta forte ênfase na aplicação prática do conhecimento de Jesus no cotidiano do cristão, proporcionando-lhe subsídios para sua habitualidade devocional.”
Henrique R. de Araujo - Pastor

“Conhecendo João Marcos de longa data como conheço não poderia deixar de dar um testemunho sobre sua vida: Um louco irreverente, mas com uma fé inabalável no Senhor Jesus. Agora lendo este livro, tenho um novo testemunho para dar sobre essa pessoa que tanto amo: Um louco com uma lucidez incrível, dada pelo Espírito Santo, sobre o amor escandaloso do nosso Deus pela humanidade, revelado em Jesus, relatado no evangelho de João! Suas considerações sobre este Evangelho abençoam nossas vidas, nos levando a descobertas que nos deixam em outro patamar como adoradores e despenseiros da Graça do Pai! Com certeza sua peregrinação Cristã será enriquecida com esse livro.”
Carlos Alexandre de Oliveira Vaz - Médico

“Ao ler João por João refleti sobre as nossas limitações físicas e emocionais e a nossa cura em Jesus. Recomendo para todos que desejam continuar prosseguindo para o Alvo”.
Tathiana Piragibe - Médica ginecologista e obstetra