Livro_Pensando_a_vida

Livro_Pensando_a_vida

domingo, 12 de abril de 2015

Conversa de pescador...

"E disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens." Mateus 4:19

Eu estava pensando no texto em que Jesus chamou seus discípulos e disse que faria deles pescadores de homens. Eu fiquei pensando sobre algumas modalidades de pesca e relacionando aos crentes atuais, acho que dá para comparar, vamos lá:
1. O pescador de pesque-e-pague: Ele pega o peixe em um lago que ele tem certeza que tem o peixe, não precisa preparar nada, no local tem tudo pronto para sua pesca. Ele começa a pescar e pega alguns peixes leva em um determinado local e pede alguém para limpar. Tem cristãos que são assim também, são pescadores de homens que gostam apenas de 'pescar', ou seja, do evento, mas não querem compromisso com nada relacionado a preparação e ao peixe pego. ‪#‎Difícil‬
2. O pescador de pesca esportiva, este sim investe, prepara, se esforça para uma boa pesca, mas logo que fisga o peixe, tira uma foro e logo depois coloca de volta na água, pois sua vida não depende do peixes, muitos nem mesmo gostam de peixes. Você conhece pescadores de homens assim? Que fazem tudo direitinho, são capazes de grandes esforços para, esforços para movimentos de evangelização, mas não querem compromisso com os 'peixes'? Alegam já ter feito a sua parte, agora é com outros. Muitos querem pescar, mas não querem compromisso com o peixe.Muitos só querem uma foto mesmo, para posta em sua rede social. Uma vez um pastor me disse que um projeto social que eu gostaria de conhecer não precisava mais de gente para pescar, ma sim de gente disposta a limpar o peixe. ‪#‎Triste‬
3. O pescador que vive da pesca, que tira dela o seu sustento. Este saí bem cedo e vai para o mar, ou para o rio atrás de peixe, muitos ficam dias no mar e só retornam quando já tem bastante para vender. Pegam o peixe, limpam, e vendem. O que marca a diferença entre estes três tipos de pescado é o nível de comprometimento. Para este terceiro o peixe é o que dá o sustento para sua casa, por isso há um compromisso, uma dedicação maior do dos outros. Os que foram citados acima são pescadores ocasionais, este ultimo tem seu compromisso dia a dia. Existem muitos pescadores de homens assim, que tem compromisso em pescar e em cuidar do peixe. Não são apenas frequentadores de eventos de evangelização e missões, mas tem em sua vida um compromisso com o que Jesus falo: IDE e pregai o Evangelho... ‪#‎Real‬
Eu poderia ficar falando aqui muito mais sobre isso, mas já é tarde e eu preciso descansar, mas gostaria de deixar um convite a você para pensar. Que tipo de pescador você é e que tipo de pesca você mais gosta de praticar, Deus nos chama ao compromisso e não à casualidade. À prática diária e não aos eventos. Seja um pescado de homens comprometido.
Um abraço, JM

Nenhum comentário: