Livro_Pensando_a_vida

Livro_Pensando_a_vida

terça-feira, 5 de agosto de 2014

Natureza humana

João 18.27: “Mais uma vez Pedro negou, e no mesmo instante um galo cantou.”
Aqui diante de um dos momentos mais dramáticos, humanamente falando, da vida de Jesus aqui na terra. Foram as horas em que as trevas começaram a ficar cada vez mais densas, a presença do mal era perceptível. Judas já tinha dado lugar ao diabo em seu coração e estava chegando aquele lugar onde tantas vezes ele foi orar com Jesus, mas agora era acompanhado dos religiosos e dos soldados para prenderem a Jesus.
Eu não quero falar de Judas por agora, quero olhar para Pedro nesse momento da sua caminhada com Jesus. Pedro havia dito que de maneira alguma deixaria de seguir a Jesus, que não O abandonaria jamais, o Senhor que conhece os corações o advertiu afirmando que ele o negaria três vezes. Imagine isso na cabeça segura de Pedro, deve ter soado com um absurdo, logo ele que recebeu de Jesus um novo nome que significa pedra, pois antes o seu nome era Simão, que significa caniço agitado pelo vento, veja só, agora ele é pedra não vara que enverga. Cabeça dura nosso amigo!
Ao longo daquela noite Pedro negou Jesus em todas as oportunidades que teve, só não negou mais porque o galo cantou, a sua autoconfiança era grande demais. Ele afirmou a Jesus que não o negaria, que iria para onde quer que fosse, mas na vida real logo que as oportunidades surgiram, ele não hesitou, ele negou o Senhor a que tanto amava.
Pedro, em minha opinião, é o que melhor representa todos nós, por ser um homem completo em sua natureza. Muitos não querem olhar para Pedro como um espelho, mas é inevitável, os seus altos e baixos em sua caminhada com Jesus denunciam os nossos também.
Pedro negou “apenas” três vezes, mas você ao longo da sua caminhada com Jesus quantas vezes o negou? Sempre que deixamos de lado a vontade de Deus em detrimento da nossa, sempre que escolhemos o caminho “largo” ao invés do discipulado, sempre que deixamos que o pecado prevaleça em nossa vida estamos negando a Jesus. Precisamos buscar em Deus a perseverança necessária para que não neguemos a Jesus em nossa caminhada.
Toda suficiência está em Cristo, não confie em si, pois dentro de nós sempre tem um pouquinho de “Judas” querendo trocar o que tem realmente valor por algumas moedas. Os discípulos eram homens como você e eu, estamos sujeitos às mesmas coisas, por isso precisamos estar sempre aos pés de Jesus.
Um abraço. JM

Nenhum comentário: