Livro_Pensando_a_vida

Livro_Pensando_a_vida

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Transformados para conquistar! 2014, o ano da conquista!

 Josué 1.9
“ Não fui eu que lhe ordenei? Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem desanime, pois o SENHOR, o seu Deus, estará com você por onde você andar”.
O ano de 2013 foi o ano da transformação, e de fato muita coisa aconteceu, mudou se transformou. O ano de 2014 será o ano da conquista. Mas para que a conquista seja uma realidade em 2014 para a igreja e para cada um de nós se fazem  necessárias algumas coisas, algumas posturas em nossa individualidade.
Estamos às portas de um novo ano, é uma nova oportunidade. Para que 2014 seja o ano da conquista cada pastor, cada líder de célula, cada líder de ministério e cada membro da IBZN precisa assumir uma postura de conquistador. Quero aqui trazer três características, ou posturas que um conquistador tem:
1.      
O conquistador é uma pessoa de decisão - Você decide conquistar.  Josué 24.15: “Se, porém, não lhes agrada servir ao SENHOR, escolham hoje a quem irão servir, se aos deuses que os seus antepassados serviram além do Eufrates, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra vocês estão vivendo. Mas, eu e a minha família servi­remos ao SENHOR”.
O que faz uma pessoa mudar não é a quantidade de congressos que ele vai, nem quantos livros você  já leu, nem mesmo que escreveu. Nem os tantos congressos que possa ter participado, nem mesmo aquelas anotações que fazemos que ficam guardadas em algum lugar que nunca mais as encontramos. Nada disso é capaz de mudar você, mas as decisões que você toma, estas sim podem mudar a sua história, portanto seja um conquistador, um homem ou uma mulher que toma decisões. Veja o exemplo de Josué no texto que acabamos de ler.

O exemplo de Calebe é inspirador, um homem que com seus 85 anos, que há 45 esperava uma promessa, uma conquista, não desistiu, ele estava decidido a conquistar aquilo que Deus tinha para sua vida e de sua família. Veja o texto:
Josué 14:9-11: “Por isso naquele dia Moisés me jurou: ‘Certamente a terra em que você pisou será uma herança perpétua para você e para os seus descendentes, porquanto você foi inteiramente fiel ao Senhor, ao meu Deus’.
"Pois bem, o Senhor manteve-me vivo, como prometeu. E foi há quarenta e cinco anos que ele disse isso a Moisés, quando Israel caminhava pelo deserto. Por isso aqui estou hoje, com oitenta e cinco anos de idade! Ainda estou tão forte como no dia em que Moisés me enviou; tenho agora tanto vigor para ir à guerra como naquela época.”

2.      O conquistador é uma pessoa de ação - Você age, não fica parado na sua decisão. Eclesiastes 11.4,6: “Quem fica observando o vento não plantará,e quem fica olhando para as nuvens não colherá. Plante de manhã a sua semente, e mesmo ao entardecer não deixe as suas mãos ficarem à toa, pois você não sabe o que acontecerá, se esta ou aquela produzirá, ou se as duas serão igualmente boas.”
Muitas pessoas que encontramos por aí vivem tomado decisões, sempre estão decididas a mudar, conquistar, avançar, porem sempre as encontramos na mesma posição, não chegaram a lugar algum. Qual é o problema delas? É a falta de atitude, decisão sem ação não leva você a lugar algum. Aquele que fica olhando e planejando sem agir não chega a lugar algum! O conquistador decide, mas não fica parado, ele segue e começa a agir. Ação é uma característica forte naqueles que conquistam.
O Exemplo de Moisés: Êxodo 14:13-16 “Moisés respondeu ao povo: "Não tenham medo. Fiquem firmes e vejam o livramento que o Senhor lhes trará hoje, porque vocês nunca mais verão os egípcios que hoje vêem.
O Senhor lutará por vocês; tão-somente acalmem-se".
A resposta do Senhor: “Disse então o Senhor a Moisés: "Por que você está clamando a mim? Diga aos israelitas que sigam avante.
Erga a sua vara e estenda a mão sobre o mar, e as águas se dividirão para que os israelitas atravessem o mar em terra seca.”


3.      O conquistador é uma pessoa de fé – Você decide, age, mas acima de tudo confia no Senhor. Salmos 44.3: “Não foi pela espada que conquistaram a terra, nem pela força do seu braço que alcançaram a vitória; foi pela tua mão direita, pelo teu braço, e pela luz do teu rosto, por causa do teu amor para com eles.”
Não basta ser uma pessoa decidida e que age, mas é preciso confiar em Deus. Foi confiando no Senhor que os grandes homens da bíblia alcançaram o quem alcançaram Entraram para a história
Vejamos o exemplo do rei Josafá, 2Crônicas 20: 12,17:
“Ó nosso Deus, não irás tu julgá-los? Pois não temos força para enfrentar esse exército imenso que está nos atacando. Não sabemos o que fazer, mas os nossos olhos se voltam para ti".
A resposta de Deus: “Vocês não precisarão lutar nessa batalha. Tomem suas posições; permaneçam firmes e vejam o livramento que o Senhor lhes dará, ó Judá, ó Jerusalém. Não tenham medo nem se desanimem. Saiam para enfrentá-los amanhã, e o Senhor estará com vocês’ ".

Conclusão: Para que o ano de 2014 seja de fato o ano da conquista para você e para a igreja, você precisa perseguir, encontrar, descobrir estas características em você.
Cada membro da igreja é responsável por tornar o ano de 2014 inesquecível para a igreja e também para si mesmo.
2014 será o ano da conquista se você assumir o compromisso de viver a cada dia como um conquistador.
Que venha 2014, com todos os desafios, mas que encontre uma multidão de crentes transformados para conquistar.Transformados para conquistar! 2014, o ano da conquista!
Texto: Josué 1.9
“ Não fui eu que lhe ordenei? Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem desanime, pois o SENHOR, o seu Deus, estará com você por onde você andar”.
O ano de 2013 foi o ano da transformação, e de fato muita coisa aconteceu, mudou se transformou. O ano de 2014 será o ano da conquista. Mas para que a conquista seja uma realidade em 2014 para a igreja e para cada um de nós se fazem  necessárias algumas coisas, algumas posturas em nossa individualidade.
Estamos às portas de um novo ano, é uma nova oportunidade. Para que 2014 seja o ano da conquista cada pastor, cada líder de célula, cada líder de ministério e cada membro da IBZN precisa assumir uma postura de conquistador. Quero aqui trazer três características, ou posturas que um conquistador tem:
1.      O conquistador é uma pessoa de decisão - Você decide conquistar.  Josué 24.15: “Se, porém, não lhes agrada servir ao SENHOR, escolham hoje a quem irão servir, se aos deuses que os seus antepassados serviram além do Eufrates, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra vocês estão vivendo. Mas, eu e a minha família servi­remos ao SENHOR”.
O que faz uma pessoa mudar não é a quantidade de congressos que ele vai, nem quantos livros você  já leu, nem mesmo que escreveu. Nem os tantos congressos que possa ter participado, nem mesmo aquelas anotações que fazemos que ficam guardadas em algum lugar que nunca mais as encontramos. Nada disso é capaz de mudar você, mas as decisões que você toma, estas sim podem mudar a sua história, portanto seja um conquistador, um homem ou uma mulher que toma decisões. Veja o exemplo de Josué no texto que acabamos de ler.

O exemplo de Calebe é inspirador, um homem que com seus 85 anos, que há 45 esperava uma promessa, uma conquista, não desistiu, ele estava decidido a conquistar aquilo que Deus tinha para sua vida e de sua família. Veja o texto:
Josué 14:9-11: “Por isso naquele dia Moisés me jurou: ‘Certamente a terra em que você pisou será uma herança perpétua para você e para os seus descendentes, porquanto você foi inteiramente fiel ao Senhor, ao meu Deus’.
"Pois bem, o Senhor manteve-me vivo, como prometeu. E foi há quarenta e cinco anos que ele disse isso a Moisés, quando Israel caminhava pelo deserto. Por isso aqui estou hoje, com oitenta e cinco anos de idade! Ainda estou tão forte como no dia em que Moisés me enviou; tenho agora tanto vigor para ir à guerra como naquela época.”

2.      O conquistador é uma pessoa de ação - Você age, não fica parado na sua decisão. Eclesiastes 11.4,6: “Quem fica observando o vento não plantará,e quem fica olhando para as nuvens não colherá. Plante de manhã a sua semente, e mesmo ao entardecer não deixe as suas mãos ficarem à toa, pois você não sabe o que acontecerá, se esta ou aquela produzirá, ou se as duas serão igualmente boas.”
Muitas pessoas que encontramos por aí vivem tomado decisões, sempre estão decididas a mudar, conquistar, avançar, porem sempre as encontramos na mesma posição, não chegaram a lugar algum. Qual é o problema delas? É a falta de atitude, decisão sem ação não leva você a lugar algum. Aquele que fica olhando e planejando sem agir não chega a lugar algum! O conquistador decide, mas não fica parado, ele segue e começa a agir. Ação é uma característica forte naqueles que conquistam.
O Exemplo de Moisés: Êxodo 14:13-16 “Moisés respondeu ao povo: "Não tenham medo. Fiquem firmes e vejam o livramento que o Senhor lhes trará hoje, porque vocês nunca mais verão os egípcios que hoje vêem.
O Senhor lutará por vocês; tão-somente acalmem-se".
A resposta do Senhor: “Disse então o Senhor a Moisés: "Por que você está clamando a mim? Diga aos israelitas que sigam avante.
Erga a sua vara e estenda a mão sobre o mar, e as águas se dividirão para que os israelitas atravessem o mar em terra seca.”


3.      O conquistador é uma pessoa de fé – Você decide, age, mas acima de tudo confia no Senhor. Salmos 44.3: “Não foi pela espada que conquistaram a terra, nem pela força do seu braço que alcançaram a vitória; foi pela tua mão direita, pelo teu braço, e pela luz do teu rosto, por causa do teu amor para com eles.”
Não basta ser uma pessoa decidida e que age, mas é preciso confiar em Deus. Foi confiando no Senhor que os grandes homens da bíblia alcançaram o quem alcançaram Entraram para a história
Vejamos o exemplo do rei Josafá, 2Crônicas 20: 12,17:
“Ó nosso Deus, não irás tu julgá-los? Pois não temos força para enfrentar esse exército imenso que está nos atacando. Não sabemos o que fazer, mas os nossos olhos se voltam para ti".
A resposta de Deus: “Vocês não precisarão lutar nessa batalha. Tomem suas posições; permaneçam firmes e vejam o livramento que o Senhor lhes dará, ó Judá, ó Jerusalém. Não tenham medo nem se desanimem. Saiam para enfrentá-los amanhã, e o Senhor estará com vocês’ ".

Conclusão: Para que o ano de 2014 seja de fato o ano da conquista para você e para a igreja, você precisa perseguir, encontrar, descobrir estas características em você.
Cada membro da igreja é responsável por tornar o ano de 2014 inesquecível para a igreja e também para si mesmo.
2014 será o ano da conquista se você assumir o compromisso de viver a cada dia como um conquistador.
Que venha 2014, com todos os desafios, mas que encontre uma multidão de crentes transformados para conquistar.

Nenhum comentário: