Livro_Pensando_a_vida

Livro_Pensando_a_vida

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

O poder de multiplicação da semente


“Ouvi: Eis que saiu o semeador a semear.” Marcos 4:3

Um dia eu estava na casa de um amigo na roça, o seu Zezé de Oliveira e conversava com ele sobre o milho, ele me dizia que ouviu falar que uma pessoa não conseguia plantar uma espiga de milho inteira por três vezes, pois não haveria terra para isso. Fiquei pensando, que coisa interessante. Pegamos uma bela espiga que estava ali em sua varanda e eu resolvi contar quantos grãos havia nela. Contei os grãos e cheguei ao resultado, eram setecentos e cinquenta. Que surpresa! Eu não imaginava tantos assim.

Depois de ter contado voltamos a falar a história de não conseguir plantar três vezes uma espiga inteira, imaginamos a partir daquela que contamos. Cada grão tem o potencial de se tornar um pé de milho, e este pode gerar em média três ou quatro espigas, então faça as contas. Já tem um resultado? Isso mesmo, é um numero muito alto.

Há um poder na semeadura! O poder da multiplicação. Só experimenta o poder da multiplicação aquele que semeia, a bíblia diz que o semeador saiu a semear, se ele ficasse em casa não semearia nada. O sábio Salomão disse que quem fica esperando o clima certo para semear, a direção certa do vento nunca semeia. Para semear é necessário sair e lançar a semente. Seja um semeador, lance sementes de amor, de paz, de Palavra de Deus, de perdão, de reconciliação entre outras coisas.

Muitos nunca colhem nada, tem uma vida sem alegria, pois quem planta e colhe experimenta a alegria da vitória, a colheita é uma vitória.  Todo sacrifício durante o tempo de semear vale a pena, mesmo sendo um tempo de escassez, pois não se pode comer aquilo que se vai semear, pois ao contrário não tem plantação  alguma, mas o Salmo 126 diz que o retorno é com alegria, muita alegria.

Há um poder de multiplicação na semente. Lance a semente, não tenha medo, pois se você a guardar não vai haver outra colheita, não coma tudo, tenha fé. 
Seja um semeador, vá semear.



Um abraço, JM

Nenhum comentário: