Livro_Pensando_a_vida

Livro_Pensando_a_vida

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Um clamor à beira do caminho

"Quando ouviu que era Jesus de Nazaré, começou a gritar: "Jesus, Filho de Davi, tem misericórdia de mim! "
Muitos o repreendiam para que ficasse quieto, mas ele gritava ainda mais: "Filho de Davi, tem misericórdia de mim! "
Jesus parou e disse: "Chamem-no". E chamaram o cego: "Ânimo! Levante-se! Ele o está chamando".


Marcos 10:47-49

Um cego à beira do caminho, um  mendigo que é conhecido na bíblia apenas como filho de Timeu (Bartimeu). Ele não via nada, mas ouviu falar que o Senhor ia passar por ali. Não tinha nada de especial para oferecer, mas tinha em seu coração um desejo, um grito. Ele queria voltar a ver. Não era um ambicioso que desejava muitas coisas, mas sabia muito bem o que queria.

Quando Jesus ia se aproximando ele pode ouvir o tropel da multidão, que não o intimidou em nada, começou a gritar bem alto: “ Jesus filho de Davi, tem compaixão de mim!” Muitas pessoas fora até a ele e lhe disseram que o protocolo não era esse, mas ele não estava nem aí para o protocolo, gritava. Mandaram que ele se calasse, mas ele gritava mais alto ainda.
 Tem gente que anda com Jesus que está mais preocupado com o protocolo do que com as necessidades dos que se encontram a beira do caminho. 

Jesus é diferente, Ele não está nem aí para o que o protocolo diz, Ele que abençoar aos que tem necessidades.  Ele parou, mandou que alguns dos seus fossem lá para buscar o homem, o tal filho de Timeu.
Quando chegou perto de Jesus veio a pergunta: “Que queres que eu te faça?”  Ele sabia o que pedir, e a resposta foi imediata: “Que eu volte a ver.”m O que aconteceu? Ele voltou a ver!

Na multidão que seguia a Jesus tinha dois tipos de pessoas, os que mandaram que o home se calasse, pois não era daquele jeito que se acessava o Mestre e aqueles que foram até ele e o animaram, o conduziram até a presença de Jesus.

Eu quero ser daqueles que se importam com quem está a beira do caminho clamando por Jesus, do segundo grupo. Quero valorizar as pessoas como Jesus valoriza.

Seja assim também, seja parecido com Jesus.

JM

Nenhum comentário: