Livro_Pensando_a_vida

Livro_Pensando_a_vida

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Pedras ao chão

"Então Jesus pôs-se de pé e perguntou-lhe: "Mulher, onde estão eles? Ninguém a condenou?"
João 8:10

Um dia levaram uma mulher até a presença de Jesus para que ele a julgasse e promulgasse uma sentença sobre ela. A acusação era de adultério, que segundo a lei de Moisés a pena era o apedrejamento.
Jesus não a acusa, mas também não a defende, apenas argumenta. Ele disse: “ Quem não tem pecado que atire a primeira pedra.” Se ele dissesse quem não comete ou cometeu adultério, tenha certeza, muitas pedras iam cair sobre a pobre mulher.

Todos nós temos a cultura de categorizar pecados, uns piores, outros menos piores, uns graves, outros brandos e assim por diante. Mas Jesus foi ao ponto, pecado é pecado. O seu argumento deixou todos de queixo caído, as mãos se abriram e as pedras foram ao chão. Todos tinham algum tipo de pecado.
Ninguém podia condenar aquela mulher, só quem podia era Jesus, pois era o único sem pecado, mas Ele não o fez, disse:  “...eu não lhe condeno.”

Ele escolheu perdoar, e não condenar. Ele escolheu nos receber em Seu Reino e não nos afastar para sempre dele, por causa do pecado. Ele escolheu ser condenado em nosso lugar, recebendo em si a paga por nosso pecado, escolheu morrer para nos dar vida e vida com sobra. (Jo 10.10) Isso é a graça.

Não condene, perdoe. Receba em seu coração o poder de amar como Jesus. Olhe como Ele para aqueles que têm faltas, pecados e falhas. Isso é a graça.

Que o Senhor nos ajude!
JM



Nenhum comentário: